Publicado em

Sobre momentos dificeis

Estes dias vi um relato de uma pessoa desesperada por não parar de sentir crise de pânico. Nunca senti algo parecido, mas sei que isso é muito comum cada vez mais. Pra mim a maior causa disso é toda essa pressão social, familiar, alimentação incorreta…

O mais perto de uma depressão que cheguei foi um período obscuro em um relacionamento abusivo, a aceitação da sexualidade, as cobranças familiares e o julgamento religioso, “me fizeram” escrever cartas de despedida e tomar vários comprimidos. E o que me lembro daquela época é que nao enxergava melhora alguma, é pra mim aquela era a solução mais viável.

Talvez você esteja enfrentando momentos ruins, e o seu corpo e cérebro se desequilibraram por um monte de motivos. E eu não estou aqui pra julgar se é muito ou pouco. Se você atraiu ou não estas situações. Se você deveria estar assim ou não.
A minha única pretensão com este texto é te dizer que você não está sozinho. Existe muito amor pra você. E tudo isso aí pode se tornar uma história pra você demostrar lá na frente que é possível superar. Só por poder ajudar outras pessoas este já seria um motivo lindo pra prosseguir. E se além disso eu te contar que há sim felicidade, mesmo que nem tudo esteja com o agente queira?

Eu perdi meus 4 amados cachorros nos últimos dias. E confesso que não é fácil. E se você ama animaizinhos pode imaginar como está sendo. Me sinto triste as vezes. Mas sei que isto faz parte de um plano maior que minha consciência ainda não alcança hoje.
E talvez você pense como alguém me falou esses dias: Você é mais forte que eu. E é claro que não sou. Acontece que não recebemos fardo maior que possamos carregar, e toda a vivência que tive até aqui foi pra chegar a este momento fortalecida e motivada o suficiente pra não “deixar a peteca cair”.

Hoje talvez muita coisa que está lendo não faça sentindo pra você, mas eu uso novamente a frase da Flávia Melissa, há muito amor aqui pra todos. Procura dentro de você um motivo que te faça mais feliz, que te motive o suficiente a acordar todos os dias a é que os outros problemas não te afetem tanto. E não compare os seus bastidores com o palco de ninguém. Estamos aqui numa longa jornada de aprendizagem, é pra passar para a outra lição é preciso superar esta. Vamos juntos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *