Publicado em

Qual é o seu valor?

Ontem numa conversa sobre preço com uma amiga ela comentou sobre o esforço que cada um teria que fazer para cobrar um pouco mais por um serviço. E depois fiquei pensando como essa crença pode paralisar os sonhos das pessoas e impedir que levem seus projetos adiante.

Qual é o valor que você se dá?

Eu sempre comento que sinto falta dos doces de festa de antigamente. Embora mais sofisticados, caros e elaborados, sou muito mais feliz com um brigadeiro. Agora vamos entender que um é melhor que o outro pra mim. Outros vão preferir o mais refinado.

Em qualquer serviço isso acontece. Eu tinha hábito de me comparar com pessoas que estudaram mais que eu, tem mais conhecimento que eu… Até que um tive o insight que aquilo não era comparável. Algumas pessoas que admiro tem de profissão o que tenho de idade, elas seguem o caminho delas e eu tenho o meu. Mas isso não quer dizer que estou errada, ou o que faço seja inferior. É apenas diferente. E a coisa boa disso e que existem pessoas interessadas no meu e no trabalho deles. Uns vão entender melhor a linguagem deles, outros a minha. E aí que tá a magia que acontece pra todos

Quem deve perceber o seu valor primeiramente é você! Não importa o que você faça, tem um valor inegavel, se você fizer para melhorar a vida das pessoas e com amor.

Se prepare sim para qualquer coisa que for fazer, mas não se limite achando que você tem que melhorar e melhorar… Tem gente que nunca faz nada porque tá sempre pensando nisso.

Quando se trata se serviços relacionados a espiritualidade e ajudar pessoas a crença de que é errado cobrar também é bem nociva. Assim também como cobrar pelos seus dons…
Precisamos.acabar com a mentalidade que dinheiro tem que vir através da dificuldade, se “esforçar”‘posso até concordar porque a ideia nao é cair do céu mas você alcançar de maneira lícita. Se sinta merecedor do seu dinheiro e do seu valor, só assim as pessoas farão o mesmo.

Ah lembre também que a maior parte das vezes você só vê as pessoas no palco delas mas existe os bastidores.

“Mereço e aceito o melhor agora” 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *