BuscaDor para cura interior

A cobrança da perfeição é tão grande nos últimos tempos que achamos ser errado sentir coisas negativas, como desespero, medo, angústia e tantas outras dores físicas e da alma…Não estou defendendo o vitimismo, em que se prioriza a dor, mas a liberdade de senti-la.

Seja um “buscaDor”. E o que quer dizer isso? É você rastrear a dor com a intenção de curá-la. Pesquisar e ouvi-la dentro de si para conseguir compreender todas as necessidades que seu corpo, alma e espírito possuem.Se você fica incomodado em sentir-se mal por muitas vezes, quero te dizer que está tudo bem! Você pode chorar, descabelar, desabafar, sentir dor… A perfeição não existe. Todas essas cobranças de corpo perfeito, pensar positivo o tempo todo, ter alimentação super saudável, criar riquezas, ser o melhor profissional entre tantas outras coisas, nada disso é possível sem dor.A dor é um mecanismo necessário para que possamos transcender, afinal estamos aqui neste planeta para aprender a melhorar, e todo esse processo tem altos e baixos.

É certo que no meio disso tudo por alguns momentos você terá alegrias e provavelmente sofrimento novamente, e outra vez alegria. E esta é uma oportunidade de superação e aprimoramento.O meu convite de hoje é pra você olhar pra dentro de si e se curar. Se perdoar por tudo não ser perfeito. Deixar esse alívio gigantesco te invadir por saber que está fazendo o melhor que pode e tudo ficará bem por alguns momentos e depois aprenderá um pouco mais.

E quando magoar alguém ter a delicadeza de se arrepender e buscar a dor que quer ser acolhida com essa situação. Ao comer mais do que deveria olhar para dentro de si e entender o porquê fez isso, qual dor está tentando sufocar. Tentar compreender que cada dor tem um motivo e ela só quer ser curada.Consegue perceber que esse é um processo natural?

Não adianta e nem precisa fugir, mas apenas parar por alguns momentos e se perguntar: O que está dor quer me dizer? Qual o aprendizado? O que eu preciso melhorar?Sabe quando uma criança não entende o que fazer perguntando os porquês da vida e você acha graça, mas responde com amor? Tenha esse olhar para si mesmo. Acolha tudo isso dentro de você, olhe pra si com olhar amoroso.O caminho do autoconhecimento é sem dúvida doloroso. Porém não há nada mais libertador. Cure a si e ao mundo, e lembre-se de escolher o amor mesmo quando estiver buscando a dor.

Com amor e Gratidão

Flávia Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *