Publicado em

Benefícios da meditação em crianças

As práticas meditativas voltadas para o público infantil tem despertado o interesse de muitos pais e educadores aqui no Brasil. A meditação para as crianças, mesmo sendo hoje uma semente, está sendo regada por mãos conscientes e esperançosas por um amanhã cada vez mais empático, para que num futuro próximo grandes frutos possam ser colhidos. É importante mencionar, que a prática de meditação é um treino de foco para o momento presente, o fruto já é concebido nesse aqui e nesse agora, com o tempo esse fruto torna-se grandioso.
Como nos disse Dalai Lama “Se acabaria com a violência numa década, se as crianças de 8 anos começassem agora a meditar”, esse é um dos benefícios. Crianças que meditam possivelmente se tornarão adultos mais bem resolvidos emocionalmente e terão relacionamentos mais saudáveis.

Não se deve obrigar uma criança a praticar, seja meditação ou qualquer outra coisa, é preciso que seja feito um convite para esse momento de paz e relaxamento. Esqueçamos aqui as regras, os padrões, os modos corretos de funcionamento, pois inicialmente a criança quer descobrir por si só o que é meditar, como se faz, para que serve, e ela a seu modo fará um passeio nessas dimensões de conhecer, e o adulto que está a orientá-la nesse momento deve estar aberto as indagações, as inquietações e as frustrações, preparado para lidar junto com a criança esses conteúdos.

Com uma prática regular, nota-se mudanças comportamentais, físicas, psíquicas, emocionais, dentre outras que só o praticante sentirá e assim poderá dizer. Benefícios descritos em pesquisas científicas: estabilidade emocional, criatividade, concentração, autodisciplina, produtividade e energia são alguns dos efeitos positivos. Esses efeitos também reduzem a pressão arterial, tensão muscular, níveis de colesterol, depressão, ansiedade, irritabilidade e outros. E que fique claro que esses são apenas alguns dos benefícios, então eu te faço um convite, vamos ensinar nossas c
As práticas meditativas voltadas para o público infantil tem despertado o interesse de muitos pais e educadores aqui no Brasil. A meditação para as crianças, mesmo sendo hoje uma semente, está sendo regada por mãos conscientes e esperançosas por um amanhã cada vez mais empático, para que num futuro próximo grandes frutos possam ser colhidos. É importante mencionar, que a prática de meditação é um treino de foco para o momento presente, o fruto já é concebido nesse aqui e nesse agora, com o tempo esse fruto torna-se grandioso.
Como nos disse Dalai Lama “Se acabaria com a violência numa década, se as crianças de 8 anos começassem agora a meditar”, esse é um dos benefícios. Crianças que meditam possivelmente se tornarão adultos mais bem resolvidos emocionalmente e terão relacionamentos mais saudáveis.
Não se deve obrigar uma criança a praticar, seja meditação ou qualquer outra coisa, é preciso que seja feito um convite para esse momento de paz e relaxamento. Esqueçamos aqui as regras, os padrões, os modos corretos de funcionamento, pois inicialmente a criança quer descobrir por si só o que é meditar, como se faz, para que serve, e ela a seu modo fará um passeio
rianças a meditar, para que desfrutem de saúde e longevidade.
Inspire – Expire, profundamente!
Namastê.
Vanderlei Woytowicz é:
Psicólogo
Professor de Meditação
Co-criador do EducadaMente, projeto de meditação na educação
Graduando em Letras, Port/Ing
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *