Publicado em

Agradeço por todo amor que há em minha vida

Eu tenho a frase: “Agradeço por todo amor que há em minha vida” colada no meu mural do quarto, que é pra relembrar e afirmar. Infelizmente a dor do desamor já foi uma que senti e muitas vezes ainda sinto doer.

Sou a primeira filha, neta, sobrinha… Sempre fui e sou muito amada. Mas desde criança tenho o temperamento que confronta tudo e todos quando não entendo ou aceito e sim isso me fez muitas vezes não me sentir amada. Na adolescência isso se estendeu aos relacionamentos afetivos e sociais, onde não me sentia amada por algumas pessoas por questões econômicas. Basicamente dentro da igreja que fui criada era tratada com diferença por alguns por morar nos fundos de uma das congregações. Mais tarde ao me relacionar com mulheres veio o afastamento da família, que não entendia e não aceitava. Depois alguns problemas por pessoas que queriam me diminuir… Enfim era só pra exemplificar e te fazer entender que eu sei do que tô falando.

A verdade é que muitas vezes essas feridas ainda doem, pra me darem a oportunidade de cura—las. E hoje olhando cada situação desta vejo que era só uma percepção. Talvez as pessoas não tenham me tratado do jeito que eu imaginava. Eu que me sentia sem amor.
Nós somos assim. Precisamos de aceitação e pra grande maioria isso é uma prova de amor. Mas isso é só mais uma das armadilhas do ego.

Cada um ama do jeito que pode e consegue.

Crenças com o essas que descrevi pra você, nos afastam cada vez mais do amor. A primeira tarefa é olhar pra situação com aceitação. Não precisa achar que era bom, apenas aceitar que por causa disto você é o que é hoje. Se aceite, se ame, se reconcilie com o seu passado e presente de perrengues.
Tudo isso é você…
Sorria e ame—se.

Sinto Muito, Me Perdoe, Te Amo, Sou Grata.

PS: Tenho um cachorro que late muito(mesmo),o Billy, detesto muito barulho. E toda vez que ele começa eu penso: Flávia você está tendo ma nova chance de amar. E nos entendemos. As vezes com bronca, as vezes com carinho. E isso não diminui o amor. Só me ensina amar de maneiras diferentes. Amar e ser amado é aprendizado também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *